Justiça obriga município de Imperatriz a aderir antecipação de feriado devido ao avanço da Covid-19 no MA
Publicado em 26/03/2021 às 07:25
Por: Isisnaldo Lopes

A Justiça determinou na quarta-feira (24), que o município de Imperatriz, cidade a 626 km de São Luís, cumpra a Medida Provisória (MP) que antecipou o feriado de 28 de julho para esta sexta-feira (26) e suspenda o funcionamento de serviços não essenciais durante o período.

A ação é do Ministério Público do Maranhão (MP-MA). A MP publicada pelo Governo do Estado antecipou o feriado de 28 de julho, Adesão do Maranhão à Independência do Brasil, devido ao avanço da pandemia de Covid-19. Com isso, o estado terá a suspensão de serviços não essenciais até o domingo (28).

De acordo com o MP, a ação foi movida após o município informar que não iria aderir a antecipação do feriado e nem as restrições de atividades nos dias 27 e 28 de março.

A decisão também determina que o município promova em seus canais de comunicação a decisão judicial para conhecimento da população. Em caso de descumprimento, a Prefeitura de Imperatriz pode pagar uma multa de R$ 100 mil.

Alta nas mortes e internações
Desde o mês de fevereiro, Imperatriz tem registrado uma alta significativa no número de casos e internações de pacientes com Covid-19. Desde o início da pandemia, a segunda maior cidade do Maranhão já confirmou mais de 12 mil casos do novo coronavírus.


Na quarta-feira (24), segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o município chegou a 95,83% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 97,42% dos leitos clínicos.

Segundo os os boletins epidemiológicos, até o dia 23 de março, já foram contabilizadas 100 mortes pela Covid-19, número superior aos meses anteriores. Em janeiro, por exemplo, foram contabilizadas 16 mortes e outras 69 em fevereiro.

 

 

g1/ma

Veja mais sobre: Imperatriz,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.