Julgamento de Lucas Porto é adiado para 30 de junho
Publicado em 25/05/2021 às 05:55
Por: Isisnaldo Lopes

Pela terceira vez, o julgamento de Lucas Porto foi adiado. Dessa vez, a data marcada foi 30 de junho. Lucas é acusado de ter estuprado e assassinado a publicitária Mariana Costa em 2016, em São Luís. Ele seria julgado hoje, mas a sessão foi adiada pelo abandono do advogado de defesa do réu, Ricardo Ponzetto.

O réu tem prazo de 10 dias para constituir um novo advogado e, caso não faça, será designado um defensor público para sua defesa.

O crime

Mariana tinha 33 anos, duas filhas e foi encontrada morta no dia 13 de novembro de 2016 em seu apartamento, no bairro Turu. O laudo médico apontou que ela foi estuprada e morta por asfixia.

Lucas Porto era casado com a irmã de Mariana. Após ser preso, confessou o crime e disse que teria sido motivado por uma atração que sentia por Mariana. O acusado segue preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas e responde pelos crimes de estupro, homicídio e feminicídio.

 

 

 

 

 

Central de noticias 

Veja mais sobre: Polícia, Maranhão,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.