Maranhão já registrou mais de 5,7 mil focos de incêndio em 2021, aponta INPE
Publicado em 24/08/2021 às 05:43
Por: Isisnaldo Lopes

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) o Maranhão já registrou, até o dia 19 de agosto, 5.770 focos de incêndio em todo o estado. Os dados foram captados por meio de satélites de referência.

Segundo o INPE, houve um aumento de 25% no número de focos de incêndio neste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Dados da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) apontam que somente 955 focos de queimadas foram registrados no Maranhão até o momento.

Apesar da diferença entre os números, o Corpo de Bombeiros do Maranhão em Imperatriz lançou uma nova operação de combate às queimadas. A ação chamada de 'Guardiões do Bioma', compreende o Maranhão e os outros oito estados que fazem parte da Amazônia Legal.

"Nós temos o lançamento da operação 'Guardiões do Bioma', que compreende nove estados da Amazônia Legal e o Maranhão está dentro deste contexto. E o intuito é só um, que é combater e prevenir as queimadas. Nós temos que manter essas queimadas em um número aceitável, haja vista que todos os anos o nosso estado tem enfrentado essa grave crise que tem causado problemas para o meio ambiente e para a saúde das pessoas", explicou Coronel Célio Roberto, comandante-geral do Corpo de Bombeiros.

A segunda quinzena do mês de agosto representa o período mais crítico do ano em relação aos focos de incêndio. A situação acontece em todo o estado.

Devido a situação, comandantes dos Bombeiros de todos os estados se reuniram para realizar estratégias de combate e prevenção aos focos de incêndio.

O encontro foi realizado em Imperatriz, cidade localizada a 629 km de São Luís. No município, tem sido registrado índices alarmantes de queimadas. Em julho, foram 43 ocorrências e a estimativa é que em agosto esse número seja ainda maior.

"Esse é um momento crítico que nós estamos passando, um período de baixa umidade do ar, ventos fortes e muito calor. Além da vegetação seca em toda a região sul do estado. Então, desta forma, o comando da corporação por meio do coronel Célio Roberto, junto com os comandantes de toda a região sul, estão estabelecendo diretrizes operacionais de modo a unificar toda a região sul do estado", explicou Major Willys, comandante da região de Balsas.

 

 

 

g1/ma

Veja mais sobre: Maranhão,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.