Idoso morre após ser atropelado por policial militar em São Luís; vítima teria atravessado a avenida de forma repentina
Publicado em 27/07/2022 às 05:46
Por: Isisnaldo Lopes

Um idoso de 65 anos, identificado como Natanael Barros de Andrades, morreu após ser atropelado na avenida Lourenço Vieira da Silva, no bairro Jardim São Cristóvão, ao lado do Terminal da Integração. A vítima, que morava na região, foi atropelada por um policial militar, que conduzia um veículo Hyundai Veloster preto.

Segundo informações da Polícia Civil, o acidente aconteceu na noite da última segunda-feira (25), por volta das 22h22.

Ainda de acordo com a polícia, o PM relatou que estava trafegando na avenida Lourenço Vieira da Silva, no sentido da avenida Guajajaras, e que, quando chegou no semáforo, próximo ao Terminal de Integração do São Cristóvão, a vítima teria entrado de repente na frente do seu veículo.

Após o atropelamento, o PM permaneceu no local do acidente, acionou o socorro para a vítima e ligou para o 190, afirmando que se apresentaria espontaneamente na Delegacia da Cidade Operária, para prestar esclarecimentos.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) esteve no local para socorrer a vítima, porém o idoso já tinha ido a óbito.De acordo com duas testemunhas, antes do acidente, elas viram o idoso atravessando a avenida por diversas vezes, de modo imprudente, aparentando estar embriagado.

Os peritos do Instituto de Criminalística (Icrim) foram acionados e realizaram a perícia no local.

Policiais da Companhia de Polícia Rodoviária da PM-MA também esteve no local e fez o teste de alcoolemia no policial militar envolvido no acidente, o qual deu negativo para ingestão de bebida alcoólica.

Após o término da perícia, uma equipe do 6º Batalhão de Polícia Militar acompanhou o PM à Delegacia da Cidade Operária para prestar esclarecimentos à autoridade policial. Após ser ouvido, o policial foi liberado.

 

 

g1/ma

Veja mais sobre: Polícia, Maranhão,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.