Menina de 12 anos morre após 'pai de santo' dar chá de ervas para ela abortar, no interior do Maranhão
Publicado em 25/11/2022 às 05:46
Por: Isisnaldo Lopes

Uma menina de 12 anos morreu, após passar por um ritual com uso de ervas, para provocar um aborto. O caso aconteceu na manhã da última quarta-feira (23), no povoado Tanque, na zona rural da cidade de Joselândia, a 331 km de São Luís.

Segundo a polícia, a menina estaria nas primeiras semanas de gravidez e foi levada, pela mãe, até um homem que se diz ser pai de santo, para fazer um aborto.

No local, o pai de santo teria usado um chá de ervas abortivas para provocar a expulsão do feto. Depois de a menina tomar o chá, ela passou mal e foi levada para o Hospital Municipal de Joselândia, mas já chegou na unidade de saúde sem vida.

Ao suspeitarem das causas da morte da menina, os funcionários do hospital acionaram a polícia.

A mãe da menina e o pai de santo foram conduzidos à delegacia e confessaram o crime. Diante dos fatos, eles foram presos e devem responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil do Maranhão, que também investiga o crime de estupro de vulnerável, já que a vítima só tinha 12 anos de idade.

 

 

 

g1/ma

Veja mais sobre: Polícia, Maranhão,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.