POR HOMICÍDIO, CASAL É PRESO DURANTE “OPERAÇÃO PAZ” EM ITINGA DO MARANHÃO
Publicado em 06/09/2023 às 05:34
Por: Isisnaldo Lopes

Uma operação integrada entre as Polícias Civil e Militar do Maranhão, resultou, na manhã da última terça-feira(5), no cumprimento de dois mandados de prisão preventiva contra um homem e uma mulher, investigados pela prática do crime de homicídio qualificado no municipio de Itinga do Maranhão.

Segundo as investigações da Delegacia de Polícia de Itinga, o homem é suspeito de, na noite do dia 27 de junho deste ano, ter assassinado a tiros o nacional Francisco Lima Cardoso, vulgo “Tandera”, fato ocorrido na Rua Gurupi, bairro São Sebastião, em Itinga. Na ocasião, um amigo da vítima também foi baleado em um dos pés.

As investigações também revelaram que que o homem teria cometido o crime motivado por sua companheira que discutiu com a vítima poucos dias antes do crime, e que chegou a ameaça-la de morte, por conta de briga de facções criminosas.

Com base nessas informações, a Polícia Civil de Itinga representou, ainda no mês de julho, pela decretação da prisão preventiva do casal, bem como por busca e apreensão domiciliar, que foram deferidos pelo Poder Judiciário.

Nessa terça, policiais civis e militares se dirigiram ao Bairro Jamile a fim de dar cumprimento à decisão judicial. Além do cumprimento dos mandados de prisão, o casal ainda foi autuado em flagrante delito pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, após os policiais encontrarem, escondido na janela do banheiro, uma pistola de calibre 7.65mm, que era utilizada com munição de calibre .32, com 30 munições do referido calibre.

O homem também foi autuado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio, pois foi reconhecido como autor de uma dupla tentativa de homicídio ocorrido na noite da última segunda-feira(4), no bairro São Sebastião, onde dois jovens foram baleados no braço, agindo também por conta de briga de facções criminosas.

Ficou constatado que o já foi preso outras vezes, sendo que o homem responde em liberdade a dois processos, um por roubo majorado, com condenação criminal a 24 anos e 09 meses de prisão, e outro por crimes de porte ilegal de arma de fogo e receptação, além de já ter sido absolvido por homicídio. A mulher responde em liberdade a três processos por tráfico de drogas, possuindo condenação em um deles a pena de 05 anos e 1 mês.

A prisão que foi realizada no âmbito da “Operação Paz”, contou com a participação de policiais civis da Delegacia de Polícia de Itinga, Delegacia Regional de Açailândia e de policiais militares da 2ª Companhia de Polícia Miliar de Itinga.

 

POR: ASCOMPC/MA

Veja mais sobre: Região,
Copyright © 2018 - 2024 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.