AGENTES DE ENDEMIAS DE AÇAILÂNDIA SÃO CAPACITADOS PARA O USO DE NOVO LARVICIDA DE CONTROLE DAS ARBOVIROSES
Publicado em 20/02/2024 às 05:33
Por: Isisnaldo Lopes

Os agentes de endemias do município de Açailândia participaram neste mês da capacitação técnica de Combate às Endemias para o uso do novo larvicida, que será utilizado no controle do mosquito transmissor do vírus da dengue, zika e chikungunya.
Durante a capacitação foram repassadas informações aos agentes sobre o uso adequado do novo larvicida biológico, o Espinosade, distribuído aos estados e municípios pelo Ministério da Saúde.
A ação, coordenada pela equipe de especialistas da Divisão de Endemias, que atua na prevenção, controle e eliminação da doença em Açailândia, teve como ministradores o agente de Endemias e entomologista, Jean Carlos Melo e o diretor da Divisão de Endemias, Leomar Mota. Além da participação da coordenadora da Vigilância em Saúde, Andressa Barbosa.
Para o secretário de Saúde, Johnathas de Oliveira, o novo produto irá reforçar as ações de prevenção e controle das arboviroses em Açailândia. “A nova tecnologia traz ingredientes ativos e apresenta vantagens significativas como segurança humana e baixo desenvolvimento de resistência, tornando-se promissor no controle biológico de vetores”, destacou o secretário.
Conforme informações do Ministério da Saúde, o produto é indicado especificamente para controle das larvas de mosquitos, principalmente do Aedes aegypti e Aedes albopictus, vetores da dengue, chikungunya e Zika. Possui rápida degradação no ambiente e não é persistente, tendo sua meia vida reduzida a menos de um dia em ambientes naturais. Reforçando as ações de prevenção e controle das arboviroses no país. O biolarvicida representa uma alternativa eficiente no controle das larvas dos mosquitos, pois pode ser adicionado em qualquer lugar que acumule água e tenha potencial para ser um criadouro dos insetos.

 


ASCOM
Prefeitura de Açailândia – Compromisso com Você

Veja mais sobre: Açailândia, Saúde,
Copyright © 2018 - 2024 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.