ASSALTANTE É CONDENADO A MAIS DE SEIS ANOS DE PRISÃO POR MORTE DE COMERCIANTE EM PORTO FRANCO
Publicado em 26/03/2024 às 05:29
Por: Isisnaldo Lopes

O Tribunal do Júri de Porto Franco, cidade a 102 km de Imperatriz, condenou Walyson Costa da Silva a seis anos e três meses de prisão pelo assassinato de Luís Rodrigues da Silva, durante um assalto ao comércio da vítima. Segundo a investigação, Walyson e um comparsa, identificado como Gustavo Vitor, planejaram o crime para roubar uma bolsa com dinheiro, em setembro de 2022, mas o julgamento aconteceu agora.

De acordo com o depoimento de Walyson, Luís teria reagido ao assalto e tentado atacar os criminosos com um pedaço de pau. A situação, segundo ele, teria motivado o disparo contra a vítima. Ao efetuar os disparos, os criminosos fugiram às pressas do local, deixando uma motocicleta que foi usada para chegar no estabelecimento.

Após o assalto, no cumprimento do mandado de prisão, Gustavo Vitor recebeu a polícia a tiros e acabou sendo baleado pela polícia e morreu. No local, ainda estava Rones Dias dos Santos, suspeito de ter furtado a motocicleta que a dupla usou no dia do crime. Ele conseguiu fugir antes de ser preso.

No dia do julgamento, a defesa de Walyson Costa alegou que ele teria de ser indiciado por homicídio simples, com causa de diminuição de pena da participação de menor importância, bem como exclusão de todas as qualificadoras.

A pena ficou fixada a seis anos e três meses de reclusão em regime fechado por Gustavo não apresentar antecedentes criminais.

 

 

 

Imperatriz online 

Veja mais sobre: Polícia, Maranhão,
Copyright © 2018 - 2024 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.