Beira-Rio de Imperatriz é deteriorada pela população
Publicado em 28/12/2017 às 08:25
Por: Isisnaldo Lopes

IMPERTARIZ – Inaugurada há uma semana, a nova Beira-Rio se tornou o principal cartão postal da cidade de Imperatriz e um dos principais do Maranhão. Com uma área de 20 mil metros quadrados, pensada para atender múltiplos públicos, a Beira-Rio tem atraído um grande número de pessoas todos os dias que escolhem o local para prestigiar a nova e bela paisagem.

Mas o local, pensando para ser o maior cartão-postal de Imperatriz tem sofrido com a falta de educação e zelo das pessoas. Na última terça-feira (26), numa vistoria, a Secretaria de Planejamento Urbano constatou muitas irregularidades provocadas por vendedores ambulastes, como carrinho largado a esmo e óleo derramado no piso. “Além de deixar a paisagem feia, o óleo no chão coloca em risco a vida dos frequentadores, que podem escorregar e cair”, ressaltou o secretário municipal da Seplu, Fidéis Uchoa.

Para evitar esse tipo de situação, o setor de Postura do Município, está realizando palestras educativas, no sentido de conscientizar os vendedores ambulantes para que deixem o local limpo e organizado. Mas o respeito não é só dos vendedores ambulantes. Muitas pessoas que vão visitar a nova Beira-Rio, além de não respeitarem as placas de “Não pise na grana”, sobem em cima do letreiro. E pasmem, colocam bicicletas em cima.

Para o servidor público aposentado, Maurício Martins, é preciso que se pense em ações, no que tange à conscientização das pessoas. “As pessoas precisam cuidar mais da nova Beira-Rio, amar mais a cidade de Imperatriz. É preciso que se faça uma campanha de conscientização para tocar o coração das pessoas. É uma vergonha o que está acontecendo, as pessoas com esta falta de educação total, deteriorando o patrimônio público”, sugere.

 

 

 

 

Imirante

Veja mais sobre: Entretenimento,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.