Presos criminosos que se passavam por policiais em Imperatriz
Publicado em 28/06/2019 às 06:22
Por: Isisnaldo Lopes

A polícia prendeu três homens envolvidos em comercialização de veículo clonado na tarde de ontem terça-feira(27) em Imperatriz.

Os presos foram identificados como: João Marques Vieira da Silva, de 33 anos, Antônio Marcos Lima Gentil, de 30 anos, e Francisco Cleiton da Silva.

De acordo com a polícia, as vítimas relataram que estavam sofrendo extorsão por dois dos presos que lhes venderam uma moto clonada. Somente após a compra a vítima descobriu a irregularidade. Eles disseram que eram policiais e civis e queriam resolver o problema sem levar à delegacia.

Após a primeira abordagem, a vítima conseguiu visualizar a placa do veículo utilizado pelos acusados e foi constatado que o carro era produto de roubo.

Ao se deslocar para o endereço dos acusados, os policiais visualizaram um deles na moto Honda Biz sem capacete. Os outros dois estavam em um veículo gol. No momento da abordagem, um deles informou que o carro Kia Cerato, de cor preta, usado na abordagem à vítima, estava sua residência. De imediato, o veículo foi apreendido.

Com os presos, os policiais apreenderam, Uma motocicleta Biz, de placa clonada, um Gol, um Kia Cerato, com registro de roubo, uma pistola PT .40, com coldre
11 munições intactas para pistola .40, dois celulares, R$ 161,00 em espécie, RG Militar da Polícia Militar do Pará em nome de João Marcos Silva, uma CNH e uma porta-cédulas

Os presos foram entregues na Delegacia de Polícia Civil, sem lesões corporais, para os procedimentos cabíveis.

A polícia vai dar continuidade às investigações para descobrir se eles fazem parte de uma organização criminosa especializada em roubo, clonagem e adulteração de veículos na região tocantina.

 

 

Central de Noticias 

Veja mais sobre: Polícia, Imperatriz, Região,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.