PM-MA investiga policiais militares por ‘violação ética’ após participarem de desafio no TikTok
Publicado em 24/07/2020 às 06:43
Por: Isisnaldo Lopes

Oito Policiais Militares do Maranhão estão sendo investigadas por suspeita de “transgressão disciplinar”, após participarem de um desafio do aplicativo de vídeos chinês TikTok.

No vídeo, as militares mulheres aparecem usando a farda da Polícia Militar do Maranhão e, em seguida, surgem com roupas civis. O desafio da troca de roupa é um dos mais realizados pelos usuários do aplicativo.

Segundo o Comando-Geral da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), foi aberta uma sindicância para apurar se as policiais cometeram alguma violação dos princípios da ética, dos deveres e das obrigações militares, que sejam contrários ao regulamento disciplinar da PM.

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, Pedro Ribeiro, a sindicância foi aberta com base no entendimento de que as policiais estavam ‘ostentando’ o uniforme e armamento da corporação para brincadeira, além disso, elas estariam expondo a imagem da PM-MA em um aplicativo de rede social.

As investigações devem ser concluídas em até 30 dias.

A Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OAB-MA) emitiu uma nota em que chama de ‘empoderadas e livres’ as oito policiais mulheres que aparecem no vídeo do desafio para o ‘TikTok’ compartilhado nas redes sociais.

Para a OAB-MA, o vídeo não desrespeita a Polícia Militar e deveria ser visto como um avanço. A instituição diz ainda que o vídeo demonstra o orgulho que as policiais possuem de pertencerem à Polícia Militar.

Outro caso envolvendo homem
No mês de abril deste ano, o Comando-Geral abriu uma inquérito policial contra um soldado da PM de Timon, cidade localizada a 450 km de São Luís, que aparece fazendo um desafio do TikTok. Nas imagens, ele aparece de roupas íntimas e em seguida, surge com o fardamento da polícia e portando uma arma de fogo.

O documento que apura um ‘possível crime militar’, afirma que as imagens divulgadas nas redes sociais em qual o agente aparece, ‘denigrem a imagem do excelentíssimo Governador do Estado do Maranhão’.

De acordo com o comandante-geral da PM, será aberta um sindicância por possível ‘transgressão disciplinar’ por uso incorreto do uniforme e armamento.

 

 

 

 

Central de Noticias 
Veja mais sobre: Polícia, Maranhão,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.