Funcionária do Ari Supermercado tem casa invadida por ladrões, o marido e o irmão vão atrás dos suspeitos e confusão vão parar na delegacia.
Publicado em 05/05/2014 às 07:43
Por: Isisnaldo Lopes

Segundo informações prestadas por Antônia (Funcionária do Ari Supermercado) proprietária da residência, ela e seu Marido Ronaldo Pereira, estavam em um posto próximo ao residencial Tropical, quando foram pegar as malas da mãe de Antônia que iria viaja para Salinas. Ao chegarem à residência, a casa estava toda revirada e sua: TV, aparelho de som, DVD e mais R$200 que a mesma guardava, aviam sido levados pelos ladrões.    

Antônia, Ronaldo e seu irmão foram investigar logo eles localizaram um adolescente filho de um dos acusados, que infamou que quem havia entrado na residência teria sido sua madrasta e seu pai, mas o mesmo não teria participado do roubo.

Diante destas informações Ronaldo e o irmão foram atrás dos acusados e quando chegaram à casa de um deles, foram recebidos por João Francisco Chaves (acusado) que ao perceber a vindas dos dois, pegou uma arma de fabricação caseira (por fora) e deu um tiro em Ronaldo que, desviou a arma com braço e evitou que o tiro lhe acertasse.   

A arma só tem um disparo, e como não poderia recarregar João Francisco Chaves, acabou levando varias pancadas com a própria arma na cabeça, enquanto que, o outro acusado o Luciano A. José dos Santos, fugia para não  apanhar também, só que na fuga ele, acabou caindo de um telhado e quebrando a clavícula.

Os personagens desta história foram parar na delegacia e o delegado é quem vai explicar como fica tudo isso.

Veja mais sobre: Açailândia,
Copyright © 2018 - 2019 | Portal iNotícia MA. Todos os direitos reservados.